ANGRA: Tom Brasil – São Paulo/SP – 21/07/2018

No último sábado, dia 21 de Julho de 2018, um dia frio e cinzento na cidade de São Paulo, o Angra estava prestes a fazer história no cenário do Metal Nacional. A banda se apresentou no Tom Brasil para gravar o novo DVD da banda, o terceiro da carreira. Fãs ansiosos esperando a apresentação, filas virando as ruas ao redor da casa, casa cheia de fãs sedentos para mais um show do ícone do Power Metal Nacional. Prato cheio para uma grande apresentação!

Por volta das 22h30min, as luzes da casa se apagaram e a intro começou a ecoar pelos PA’s, os fãs foram a loucura e a esperava havia acabado. Angra entrou no palco com “Newborn Me”, que teve o refrão cantado em alto e bom som pelos fãs juntamente com o “Mago” Fabio Lione, ao final da música, Lione fala com os fãs sobre a importância daquele show por se tratar da gravação do DVD e anuncia que a próxima música seria “Running Alone”, porém, a música executada foi “Angels And Demons” que veio como uma martelada sonora direto nos ouvidos. “Running Alone” fechou a primeira parte do show, e após o término da música, o guitarrista e fundador da banda, Rafael Bittencourt se dirigiu ao microfone para empreender um discurso, o mesmo disse que aquela era uma noite especial, onde se iniciava a terceira grande fase do Angra e que estava sendo documentado nas gravações, que vão gerar um futuro DVD. Rafael também solicita um pouco de paciência da parte dos fãs, pois a banda necessitaria fazer uma parada técnica para ajustar algumas coisas, e que na volta, iriam começar a tocar o álbum “ØMNI” na íntegra, e na sequência original do álbum, o que levou os fãs mais a loucura ainda.

Após alguns minutos fora do palco, a banda retorna já com “Light of Transcendence” e “Travelers of Time”, ao final de “Traveler of Time” a banda deixou o palco gritos de “SANDY! SANDY! SANDY!” começaram a ecoar pela casa, então, Rafael Bittencourt retorna ao palco e fala que com muita honra, gratidão e felicidade que ele convidava a cantora Sandy ao palco, a mais querida “Viuvinha negra” da banda, Sandy adentra o palco já cantando a música “Black Widow’s Web” sendo completamente ovacionada pelo público, e era visível a feição de surpresa no rosto da cantora, que fez uma apresentação impecável juntamente com Fabio Lione que também fez os guturais da música, que originalmente foram gravados por Alissa White-Gluz (Arch Enemy) e surpreendeu a todos, ao final da música Sandy agradece o público pela receptividade e carinho, e também, agradece a banda pelo convite. A banda seguiu a apresentação com “Insania”, que ao final, Fabio Lione fez sua típica brincadeira com o público o desafiando a seguirem seus tons de vocal; após a brincadeira, Lione deixa o palco dando o lugar do vocal principal para Rafael Bittencourt, que fala que a próxima música era muito especial para ele, pois ela é uma viajem ao fundo da alma, “The Bottom of My Soul” é executada com o máximo de felling pelo guitarrista e emociona os presentes. “War Horns” e “Caveman” dão prosseguimento ao espetáculo; após o término de “Caveman” a banda toda se retira do palco com exceção do baterista Bruno Valverde que animou o público com um excelente solo de bateria, e ao final, teve seu nome gritado pelos fãs. Instantes após o término do solo de Bruno, Rafael adentra ao palco e convida os músicos Lucas Lima, Moisés, Allen e Amon-Rá, do grupo Família Lima para tocar as próximas duas músicas junto a banda, “Always More” e “Magic Mirror” foram executadas com a adição do teclado, dos violinos da Família Lima, que deram um toque a mais nas músicas e as tornaram ainda mais mágicas para aquela noite; em seguida “Always More” foi tocada com um clipe/lyric vídeo gravado pela banda no telão que estava posicionado no fundo do palco, clipe esse que não foi divulgado ainda, por motivos ainda desconhecidos. A segunda parte do show estava chegando ao fim, Rafael se posiciona no violão para iniciar a introdução da música “Ømni – Silence Inside” mas um erro técnico impede a continuidade da música, e então, um acontecimento inesperado, o violão de Rafael cai do pedestal resultado na ruptura de praticamente todas as cordas do violão e provavelmente avarias no corpo do instrumento, Rafael se dirige ao microfone e brinca com a situação falando: “Essa parte da queda do violão nós ensaiamos bastante, mas era pra ele ter caído para o outro lado, a gente vai ter que refazer”. Marcelo Barbosa interfere e fala: “Nós temos mais 5 violões sobrando, dá pra cair mais 4 pra ver se acerta o lado”.
Enquanto os roadies arrumavam outro violão, Rafael elogia o público falando: “Não vamos deixar a peteca cair, vocês estão sendo maravilhosos, para não dizer DO CARALHO. O pessoal das câmeras falou que a plateia está incrível, a galera que está gravando o áudio falou que em algumas horas o áudio de vocês até explode nos microfones de tão alto. Vamos manter isso até o final!” e também aproveita para cumprimentar alguns conhecidos que estavam na plateia enquanto o violão não ficava pronto. Minutos depois, o roadie entra no palco com um novo violão, e aí sim, “Ømni – Silence Inside” é executada, finalizando a segunda parte do show. A banda faz mais uma parada estratégica antes de começarem a terceira parte do show.

A banda retorna ao palco com “Spread Your Fire” e “Ego Painted Grey”, e para a próxima música, a banda tornou um meme em realidade, a música “Heroes of Sand” que foi apelidada de “Heroes of Sandy”, contou novamente com a participação especial da cantora Sandy, que junto com Fabio Lione, fizeram um dueto magistral, e que em algumas partes da música, juntamente com o público formaram um trio, e cantaram juntos em um uníssono perfeito e emocionante; Sandy novamente foi ovacionada pelo público, e disse: “Já sou fã de vocês. Muito obrigada! Tamo junto no Metal!”. Após a saída de Sandy do palco, o show prossegue com “Upper Levels” e “Carolina IV” e a banda mais uma vez se retira estrategicamente do palco. Minutos após, Rafael Bittencourt retorna para um longo discurso, agradecendo os fãs que sempre apoiaram o Angra, desde os momentos de glória até os momentos dificultosos; agradeceu também aos ex-membros da banda, que também deixaram sua marca na banda, e, Rafael chama um por um dos atuais membros da banda, rasgando elogios a todos, se referindo a Bruno Valverde como um gênio da bateria, Marcelo Barbosa como um totem sagrado da banda, Fabio Lione como um mago e um dos maiores tenores do mundo e a Felipe Andreoli como um prodígio, e deixa um recado: “Você pode ganhar uma luta sozinho, no mano a mano, mas as grandes batalhas da vida, as grandes guerras, você vence coletivamente!”. Com toda banda no palco novamente, “Rebirth” é tocada para celebrar essa nova fase da banda.
Infelizmente, o espetáculo estava chegando ao fim, após aproximadamente 4 horas de show (Isso contando com as paradas técnicas e imprevistos normais de uma gravação de DVD), Rafael chama ao palco novamente a Família Lima para a reprodução da última música do set-list, “Nova Era” fechou o show sem deixar pedra sobre pedra, uma apresentação emocionante para os fãs da banda, que saíram do show com a alma lavada e ansiosos para o lançamento do DVD.

Set-List

1 – Newborn Me
2 – Angels and Demons
3 – Running Alone
4 – Light of Transcendence
5 – Travelers of Time
6 – Black Widow’s Web (Part. Sandy)
7 – Insania
8 – The Bottom of My Soul
9 – War Horns
10 – Caveman
11 – Magic Mirror (Part. Familia Lima)
12 – Always More (Part. Familia Lima)
13 – Ømni – Silence Inside
14 – Spread Your Fire
15 – Ego Painted Grey
16 – Heroes of Sand (Part. Sandy)
17 – Upper Levels
18 – Carolina IV
19 – Rebirth
20 – Nova Era

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *